Justin Bieber Portuguese Forum
Ainda não te Registas-te?
Então aproveita e terás acesso a muito mais tópicos!
Regista-te e Diverte-te!



 
InícioPortalBuscarRegistrar-seConectar-seFAQ

Compartilhe | 
 

 Someday - décimo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
amy;
Sub-Administrador
avatar

Mensagens : 146
Data de inscrição : 14/08/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 17:06





One day, when the sky is falling, I'll be standing right next to you.
Mentira.


Última edição por amy; em Sex Nov 18 2011, 18:57, editado 11 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Márciie
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 4685
Data de inscrição : 09/05/2010
Idade : 21
Localização : Porto

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: 02/2010.

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 17:07

fiquei curiosa, estou ansiosa pelo primeiro capitulo *-*
continua (:

_____________
Voltar ao Topo Ir em baixo
InêsFernandes.
Favorite Girl
avatar

Mensagens : 408
Data de inscrição : 21/05/2011
Idade : 22
Localização : corroios.

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: desde fev. 2010

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 17:08

Márciie escreveu:
fiquei curiosa, estou ansiosa pelo primeiro capitulo *-*
continua (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
mariananereu
Jornalista
Jornalista
avatar

Mensagens : 1819
Data de inscrição : 23/08/2010
Idade : 21
Localização : Somewhere

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?:

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 19:21

Meu deus o que virá daqui? o:
Continua rapidinho :b
Voltar ao Topo Ir em baixo
Justin-Bieber-Caty
Bigger
avatar

Mensagens : 173
Data de inscrição : 24/04/2011
Localização : LISBOA

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde da One Time *.*

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 20:29

Márciie escreveu:
fiquei curiosa, estou ansiosa pelo primeiro capitulo *-*
continua (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aninhas_Bieber**
Jornalista
Jornalista


Mensagens : 2094
Data de inscrição : 09/09/2010
Idade : 21
Localização : wonderland

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: 12 de Julho de 2010

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 21:36

suspense, uhh *-*

tens de continuar, estou muito curiosa Surprised
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/user/annebii
amy;
Sub-Administrador
avatar

Mensagens : 146
Data de inscrição : 14/08/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 22:58

Spoiler:
 


Primeiro


Mudar-me para o Canadá foi provavelmente uma das coisas mais acertadas que a minha família já fez.
Não me levem a mal, adoro a família que tenho e não poderia ser mais feliz do que sou agora. Mas a verdade é que viver nos Estados Unidos não é tão maravilhoso como tanta gente afirma ser. As pessoas não são mais simpáticas, mas sim frias. Tem dificuldade em perdoar.
Depois de termos chegado à nossa linda vivenda, nos subúrbios, e de termos finalmente acabado de desempacotar tudo o que tínhamos levado, três dias depois da chegada, decidi ir conhecer o local.
Já tinha passado por lá umas quantas vezes, mas apenas em férias e nunca mais do que um dia. Tendo em conta que estava sempre rodeada de família, nunca conseguia explorar aquela pequena cidade como eu sempre quisera fazer. E agora, tinha o resto da vida para o fazer. Em teoria, quero eu dizer.
Vesti os meu calções de ganga preferidos e o meu top lilás de alças, que me tinha sido oferecido pela minha avó uns dias antes da minha partida. Nunca pensei que fosse chorar tanto por nos mudarmos, afinal de contas, não estaríamos assim tão longe.
Após ter calçado os meus all start preferidos, já um pouco gastos e de um branco sujo, peguei nas chaves e avisei que iria sair.

“Não voltes tarde Kate.” Ouvi o meu pai dizer sorrindo-me, indo para a cozinha depois, já eu me encontrava à porta, preparada para sair.

Apesar de estar tudo já arrumado, os meus pais continuavam a andar desnorteados pela casa sem saber para que lado ir. Acenei como se concordasse que não chegaria tarde e saí, fechando a porta branca da frente.
Caminhei pelo pequeno corredor, rodeado por relva, que dava acesso à minha casa e saí. Na verdade, a casa estava muito bem estruturada, pois devido aos arbustos, ninguém conseguiria pular e entrar lá. Era mais segura do que a casa onde vivíamos antigamente.
Tirei o Ipod do bolso dos calções e liguei-o, colocando os headphones nos ouvidos e aumentando um pouco o volume normal do aparelho. Estava a tocar uma das minhas músicas favoritas. Sorri sozinha e recomecei a andar, movendo-me ao ritmo da música, mexendo os lábios com a letra e olhando a paisagem. Para variar, estava um dia solarengo, o que me deixava mais tranquila. Era bom poder recomeçar toda a minha vida, longe das pessoas que mais me tinham magoado no Mundo. Não que me fossem algo, porque não eram, mas cada palavra dita de forma fria magoa.
Descobri um pequeno parque, com algumas diversões para crianças e uns bancos dispostos junto á relva, onde famílias e casais preparavam piqueniques e se divertiam. Deambulei por lá, olhando cada família e casal atentamente. Pareciam todos felizes. Ninguém estava a discutir, ao contrário daquilo que costumava ver, e as crianças corriam pela relva, divertidas.
Sentei-me num dos bancos que estavam vazios, cruzando as pernas em cima do mesmo e fiquei a olhar a paisagem. Naquele parque tinha também um pequeno lago, com uma cor vivida e linda. Quando o sol embatia na água, dava um reflexo perfeito. Fiquei a olhar tudo aquilo, respirando fundo o ar puro que sentia por ali.
Abri a pequena mala que transportava comigo e retirei de lá um dos meus antigos cadernos, com a capa toda amolgada e gasta, com algumas folhas arrancadas e as restantes quase todas rabiscadas e desenhadas. Peguei também num lápis pequeno que trazia sempre comigo, desde que o meu pai mo tinha dado, abrindo o caderno e começando a rabiscar algumas coisas. Não estava realmente inspirada para escrever, portanto decidi começar a desenhar aquilo que via e que mais me cativava. Não se enganem, não era boa a desenho e nunca o iria ser. Era impaciente, gostava de obter resultados depressa, logo isso não resultava em desenho. No entanto, naquele momento, sentia-me totalmente inspirada. Portanto, decidi arriscar.
Comecei por desenhar um dos bancos que se encontrava á minha frente e estava perfeito. Notava-se ter sido acabado de pintar.
Estava perdida completamente no meu Mundo. Desenhava com cuidado, paciência, coisa que nunca tinha tido, afastada do Mundo real e do que se passava naquele jardim. No entanto, quando a música acabou, ouvi um pequeno grito.
Alguém, que calculava ter acabado de mergulhar no lago que se encontrava á minha frente, estava a afogar-se. Ouvi alguém gritar, pessoas a correr para chamar alguém que fosse ajudar a pobre criança que chamava por alguém que a conseguisse socorrer.
Segui o meu instinto. Nunca fizera tal coisa, nem me considerava uma boa nadadora, mas nada disso importava agora. Larguei todos os meus pertences ali no banco e corri, tendo apenas tempo para tirar as all star's num instante e mergulhando de cabeça na água gelada daquele rio.
Nadei até à criança e agarrei-a. Naquele momento apenas a conseguia ouvir chorar e chamar pela mãe. Coloquei-a ás minhas costas e nadei até terra outra vez, colocando-a sentada na mesma e olhando-a.

“Está tudo bem querida. Onde estão os teus pais?” a pobre criança apenas conseguia chorar, e então apontou para um rapaz que chegava a correr com um ar preocupado.

“Jazmin! Oh meu Deus, estava tão preocupado!”
o rapaz apenas pegou nela ao colo e abraçou-a com força, beijando a sua cabeça vezes e vezes sem conta.

A criança, agora chamada Jazmin, agarrou-o com força ainda a choramingar, escondendo a cara no seu ombro. Ele parecia aliviado.
Peguei nas sapatilhas e comecei a andar de volta ao banco, rezando para que não me tivessem roubado nada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
mariananereu
Jornalista
Jornalista
avatar

Mensagens : 1819
Data de inscrição : 23/08/2010
Idade : 21
Localização : Somewhere

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?:

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 23:04

Oh god! *-*
Escreves tão bem!
Adorei completamente!
Continua (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Justin-Bieber-Caty
Bigger
avatar

Mensagens : 173
Data de inscrição : 24/04/2011
Localização : LISBOA

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde da One Time *.*

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Ter Jul 12 2011, 23:08

Spoiler:
 

Bem... está maravilhoso Very Happy
Como consegues ser tão perfeita a escrever ?
Quer queiras ou não eu estava tão envolvida no capitulo que quando percebi que tinha acabado queria muito mais para ler Wink
Tens muito jeito para escrever Smile parabéns Very Happy
Quem me dera ter o teu talento para escrever =D
Continua e depressa Very Happy estou mesmo muito curiosa como nunca estive a ler Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
NezBiebs
Common Denominator
avatar

Mensagens : 584
Data de inscrição : 28/12/2010
Idade : 19
Localização : Álcacer do Sal

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde Fevereiro de 2010 *o*

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 01:55

Omg que perfeito o:
Eu lia enquanto imaginava cada cena +.+
A forma de como usas as palavras e te expressas é linda o:
Que talento!!

Tu continua, porque eu apaixonei-me por esta fic $:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Márciie
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 4685
Data de inscrição : 09/05/2010
Idade : 21
Localização : Porto

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: 02/2010.

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 03:06

oh god, este primeiro capitulo está tão lindo *-*
paraste na melhor parte fogo, odeio quando fazem isso xb
este capitulo está mesmo lindo,
tens de continuar rápido <3

_____________
Voltar ao Topo Ir em baixo
JoanaCatarinaa
Bigger
avatar

Mensagens : 138
Data de inscrição : 20/03/2011
Idade : 21
Localização : Vendas Novas, Évora

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde Setembro de 2009

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 16:33

Tu escreves de uma maneira muito expressiva e linda :O
Tens mesmo muito jeito!
Já alguma vez pensas-te em escrever um livro?
Acho que devias escrever um livro, e acho que o livro ia ser um sucesso Smile
Eu comprava-o! *-*
Continua, apenas com o primeiro capítulo entusiasmei-me imenso, e já estou apegada à história +.+
Por favor, escreve rápido o segundo Smile
<3
Voltar ao Topo Ir em baixo
marianam
Baby
avatar

Mensagens : 1834
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 20
Localização : in my little and beautiful world

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: desde á meses...

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 17:01

JoanaCatarinaa escreveu:
Tu escreves de uma maneira muito expressiva e linda :O
Tens mesmo muito jeito!
Já alguma vez pensas-te em escrever um livro?
Acho que devias escrever um livro, e acho que o livro ia ser um sucesso Smile
Eu comprava-o! *-*
Continua, apenas com o primeiro capítulo entusiasmei-me imenso, e já estou apegada à história +.+
Por favor, escreve rápido o segundo Smile
<3
Voltar ao Topo Ir em baixo
amy;
Sub-Administrador
avatar

Mensagens : 146
Data de inscrição : 14/08/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 17:11

Spoiler:
 



Segundo

Estava completamente encharcada, o que significava que quando chegasse a casa, iria ser morta pelos meus pais. Tinha prometido não me envolver em sarilhos na nossa nova casa, e mal tinha chegado, já estava a salvar pequenas crianças que quase se afogavam. Mas não me arrependia, tinha salvado uma menina.
Todos os olhares estavam postos em mim. As famílias e casais que se encontravam no parque a lanchar olhavam-me com um ar surpreso e compreensivo. Algumas pessoas aproximaram-se de mim, abraçando-me.

“Que Deus te abençoe!”
ouvi uma senhora dizer enquanto me abraçava. Notava-se que era mãe, pela forma com que olhava o rapaz que abraçava a pequena menina.

“Obrigada, mas eu não fiz nada demais...” estava a começar a ficar bastante desconfortável e envergonhada com todas as atenções viradas para mim.

O tal rapaz, ainda com a criança ao colo, começou a aproximar-se de mim. Peguei no meu casaco comprido e enrolei a criança nele, vendo que ela começava a tremer de frio. O dia estava a começar a ficar fresco, a noite aproximava-se. Ela colocou os pequenos braços dentro do casaco e agarrou-se a ele, começando a tremer menos. Sorri para ela de forma carinhosa e ela sorriu de volta, esfregando os olhos. Estava cansada.

“Obrigada.” ouvi o rapaz dizer, direccionando-se para mim, enquanto eu voltava a calças as minhas sapatilhas, completamente molhada.

Sorri ainda sem graça e olhei-o.

“Não precisas agradecer. Qualquer um faria o mesmo.” respondi.

Ele colocou a pequena no banco, sentada, depositando um beijo na testa dela e erguendo-se de novo á minha frente, encarando-me.
Olhei-o á espera que falasse ou fizesse algo, não sabia bem o que ele queria. Limitei-me a desviar um pouco o olhar dele para olhar a criança que brincava com os botões do meu casaco.
Quando dei por mim, tinha o rapaz a abraçar-me com força. Fiquei sem saber como reagir. Geralmente, não gostava de contacto humano. Sempre fora muito independente, muito solitária, logo não estava habituada a receber abraços.

“Muito obrigada. Salvaste a minha irmã.” ouvi-o dizer ao meu ouvido, de forma honesta.

Gostava de ver o carinho que ele nutria pela irmã, conseguia notar-se na forma como ele olhava a pequena criança de cabelos castanhos. Sorri e retribui o abraço, que pouco depois foi quebrado.

“Não tens mesmo de agradecer.” disse, sem saber bem o que lhe dizer depois de ele me agradecer. Não tinha razões para ter salvo a miúda, mas não era insensível o suficiente para ter ficado á espera que alguém a fosse salvar.

Ele sorriu-me e voltou a dirigir-se á criança, pegando nela ao colo uma vez mais, com ar protector e abraçando-a com força.

“Vamos para casa, a mãe deve estar preocupada. Nunca mais repitas isto, ouviste Jaz?” ouvi-o dizer á pequena que fez beicinho e deu um leve beijo na bochecha acenando afirmativamente com a cabeça, com os olhos a brilhar. Ele sorriu e deu-lhe vários beijos por toda a cara.

Peguei nas minhas coisas, sem pegar no casaco com que tinha protegido a menina, começando a preparar-me para sair dali. As outras pessoas que lá se encontravam também já se preparavam para ir embora, e o movimento citadino já tinha voltado ao normal.

“Adeus pequenina.” disse acenando para ela. Ela sorriu para mim e fez-me adeus com a sua mãozinha. “E adeus rapaz.” acabei por dizer também, virando-me para começar a ir embora.

“Vemo-nos por aí” ouvi-o dizer ainda, antes de caminhar para fora dali, colocando de novo os headphones nos ouvidos.

Tinha sido um dia complicado, ou melhor, um final de tarde. Mas estava orgulhosa de mim própria, como nunca tinha estado. Ao menos iria para casa sabendo que aquela família iria ficar bem.
Andei mais um pouco pela cidade, tentando fazer tempo para a roupa secar mais um pouco, querendo evitar confrontos e discussões ao chegar a casa.
Eram quase sete da tarde, não me podia demorar mais. Caminhei a ouvir a minha música favorita, recebendo olhares estranhos por andar completamente encharcada pela rua e não me importar com isso.
Cheguei á frente da minha casa e abri a porta branca metalizada, entrando no hall de entrada mal coloquei os pés dentro da habitação. Ouvi passos e a minha mãe apareceu, com o seu vestido azul turquesa preferido. Trazia na mão uma bandeja com biscoitos de gengibre, os meus preferidos. Sorri ao vê-la, ela vinha com um sorriso maternal na cara, que se evaporou quando ela me viu completamente molhada e sem o meu casaco preto preferido, com o qual tinha saído.

“O que te aconteceu Kate? Estás completamente encharcada!” a sua voz tornou-se um pouco mais aguda do que o normal, chamando a atenção do meu pai, que depressa apareceu junto a si com o jornal na mão e os óculos na outra.

Também a sua cara se tornou numa cara de choque ao ver o meu bonito estado.

“Ainda agora chegámos e já estás em confusões?” perguntou ele ao olhar-me de alto a baixo.

Suspirei e retirei as sapatilhas, que agora teriam de ir para a lavagem. Não sabia se aguentariam mais uma, já tinham uns bons anos.

“Não fiz nada de mal. Eu explico, mas posso tomar um banho primeiro?”
pedi, olhando os dois.

Ambos se entreolharam e acenaram afirmativamente, pelo que eu dei dois passos á frente e comecei a subir a escadaria da casa, tentando não molhar tudo para que a minha mãe não ficasse chateada.

"Vai e depois explicas-nos tudo." Disse prontamente o meu pai, com a sobrancelha erguida, desconfiado. Assenti apenas.

Ouvia sussurros vindos do hall e sabia que eles estariam a questionar-se sobre o que teria acontecido enquanto estivera fora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Justin-Bieber-Caty
Bigger
avatar

Mensagens : 173
Data de inscrição : 24/04/2011
Localização : LISBOA

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde da One Time *.*

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 17:23

Lindo,lindo,lindo!
Estou a ficar obcecada (num bom sentido) com esta fic!
É que está lindo!
Diz me uma coisa: Como podes ter tanto talento para a escrita?
Adoro! Cada vez mais perfeito!
Voltar ao Topo Ir em baixo
InêsFernandes.
Favorite Girl
avatar

Mensagens : 408
Data de inscrição : 21/05/2011
Idade : 22
Localização : corroios.

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: desde fev. 2010

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 19:35

digo o mesmo que a justin-bieber-caty!
está completamente lindo *-*
escreves mesmo muito bem : D
continua muito depressa! <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Márciie
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 4685
Data de inscrição : 09/05/2010
Idade : 21
Localização : Porto

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: 02/2010.

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 19:40

ai meu deus, que lindoo! *-*
escreves tãao bem (':
continua depressa .

_____________
Voltar ao Topo Ir em baixo
mariananereu
Jornalista
Jornalista
avatar

Mensagens : 1819
Data de inscrição : 23/08/2010
Idade : 21
Localização : Somewhere

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?:

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 21:08

Márciie escreveu:
ai meu deus, que lindoo! *-*
escreves tãao bem (':
continua depressa .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Justin-Bieber-Caty
Bigger
avatar

Mensagens : 173
Data de inscrição : 24/04/2011
Localização : LISBOA

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde da One Time *.*

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 21:27

InêsFernandes. escreveu:
digo o mesmo que a justin-bieber-caty!
está completamente lindo *-*
escreves mesmo muito bem : D
continua muito depressa! <3

N me chames por justin-bieber-caty! Podes-me tratar apenas por Caty Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
amy;
Sub-Administrador
avatar

Mensagens : 146
Data de inscrição : 14/08/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 21:56

vocês são umas lindas +.+
thanks! <3
e não, escrever um livro não, isso já era demais eheh
Voltar ao Topo Ir em baixo
JoanaCatarinaa
Bigger
avatar

Mensagens : 138
Data de inscrição : 20/03/2011
Idade : 21
Localização : Vendas Novas, Évora

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde Setembro de 2009

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 23:16

amy; escreveu:
vocês são umas lindas +.+
thanks! <3
e não, escrever um livro não, isso já era demais eheh

Primeiro que tudo, amei!
Está mesmo lindoo, volto a dizer: escreves muitissimo bem Smile

Segundo ponto:
Escrever um livro era demais? :O
Não mesmoo!
Não digo já, mas talvez mais tarde.
A sério, esse teu talento para escrever podia realmente fazer sucesso Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
amy;
Sub-Administrador
avatar

Mensagens : 146
Data de inscrição : 14/08/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qua Jul 13 2011, 23:41

aww que querida +.+
fogo, nem sei que dizer, fico sem graça ahah.
MUITO obrigada :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
marianam
Baby
avatar

Mensagens : 1834
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 20
Localização : in my little and beautiful world

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: desde á meses...

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qui Jul 14 2011, 02:17

hahaha mas o que ela disse e verdade^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
JoanaCatarinaa
Bigger
avatar

Mensagens : 138
Data de inscrição : 20/03/2011
Idade : 21
Localização : Vendas Novas, Évora

Justin Bieber
Desde quando tens Bieber Fever?: Desde Setembro de 2009

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qui Jul 14 2011, 18:08

amy; escreveu:
aww que querida +.+
fogo, nem sei que dizer, fico sem graça ahah.
MUITO obrigada :3

Ahah, não tens nada que agradecer, apenas disse a verdade Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
amy;
Sub-Administrador
avatar

Mensagens : 146
Data de inscrição : 14/08/2009
Idade : 22

MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   Qui Jul 14 2011, 19:14

Spoiler:
 




Terceiro

Entrei no meu quarto, agora totalmente decorado ao meu gosto, com uma parede roxa e as restantes brancas, a cama encostada á parede pintada, uma grande secretária onde tinha o meu computador e todos os cadernos que enchia com palavras vagas, e uma janela com uma vista ampliada para o resto da cidade, e liguei a aparelhagem que se encontrava na minha secretária.
Abri a porta que me direccionava á minha casa-de-banho particular e aproximei-me da enorme banheira cinzenta, ligando a água. Enquanto a água corria, começando a ficar morna, retirei as roupas completamente encharcadas que se tinham colado ao meu corpo e coloquei-as no cesto de roupa suja, entrando na banheira e desligando a água.
Naquele momento começava a dar a minha música favorita na aparelhagem, ou uma das minhas favoritas, pelo que comecei a cantar enquanto tomava o banho merecido. No entanto, não conseguia tirar da cabeça a atribulação que tinha sido aquela tarde toda.
Depois de ter saído da água e me ter secado, fui vestir algo confortável, pelo que optei por uns calções e uma camisola larga, que quase me servia como vestido. Apanhei o cabelo com um elástico e desci, não sem antes soltar um suspiro por temer o que aí vinha.
Ao chegar ao último degrau das escadas, olhei para o lado direito onde era a sala e vi os meus pais, ambos sentados no sofá maior que ficava de frente para o mais pequeno. Esta conversa não me agradaria, ou talvez eles apenas estivessem desconfiados sobre o que tinha acontecido para eu chegar no pior estado possível a casa.
Dirigi-me até ao sofá pequeno e ambos levantaram o olhar para o cravar em mim, esperando que eu abrisse a boca. Sentei-me e cruzei ambas as pernas em cima do pequeno sofá bege, esperando que fossem eles a falar e não eu.

“Então, conta-nos lá o que se passou” começou por dizer o meu pai, tirando os óculos para me olhar melhor.

Suspirei uma vez mais e olhei ambos enquanto lhes contava a história mirabolante que tinha vivido naquele dia.
Evitei rir ao ver que, a cada palavra que eu falava, a boca da minha mãe se abria formando um “o” perfeito, de choque. O meu pai, porém, não se manifestava.
Quando acabei de falar, ambos se entre-olharam e depois voltaram a olhar para mim. Não me tinham interrompido enquanto contava tudo, talvez pelo choque.
O meu pai levantou-se e dirigiu-se a mim, pelo que me levantei também por uma questão de educação, ou talvez apenas por não querer ficar a sentir-me demasiado pequena. Puxou-me pela mão e deu-me um abraço forte, como não me lembrava de receber dele há anos.

“Estou muito orgulhoso de ti.” falou sem quebrar o nosso abraço.

Podia ver a minha mãe com uma lágrima no canto do olho enquanto nos olhava, com um sorriso maternal no rosto como sempre sorria quando olhava para mim. Retribui o abraço do meu pai e depois afastei-me, olhando-o.

“Obrigada.” disse apenas.

Para evitar que mais alguém fosse chorar, a minha mãe levou-nos até á sala de jantar, onde jantámos todos juntos. No dia seguinte, tudo começaria a decorrer “sobre rodas”. Eu iria começar a estudar na escola local, pois já tinha perdido vários dias de aulas, o meu pai iria voltar ao seu emprego, desta vez num local diferente e melhor, e a minha mãe provavelmente passaria o dia a cozinhar tartes para dar aos vizinhos, fazendo questão de demonstrar que tínhamos chegado.
Não falámos de mais nada durante o jantar. Ouvi o meu pai explicar-me pela milésima vez que teria de me esforçar o dobro do que no ano passado, não que fosse problema pois era uma aluna excelente, e que o seu maior sonho era eu juntar-me um dia a ele no seu emprego. Limitei-me a acenar e sorrir.
Tinha outros planos para a minha vida, sabia o que queria fazer, mas ele não concordava em nada com isso. Para ele, era um beco sem saída.
Ajudei a minha mãe depois do jantar. O meu pai subiu logo para o quarto, afirmando estar cansado. Tinham ambos passado o dia a organizar toda a sua vida de novo, devido a termos mudado de local de vez.
Quando terminei, dei um beijo ruidoso na bochecha da minha mãe, subindo as escadas para me dirigir de novo ao meu quarto. Mal entrei, dirigi-me á janela e abri-a, encostando-me a ela para observar a minha nova “casa”. Sorria enquanto olhava a cada pormenor existente.
Enquanto olhava a cidade, a minha vizinha do lado abriu também a janela, para se encostar também á mesma. Olhei para o lado para ver quem ficava mesmo junto a mim, e observei uma rapariga com cabelos castanhos claros e olhos escuros, morena e bastante bonita, por sinal. Ao sentir-se observada, olhou para mim também e sorriu-me.

“És a minha nova vizinha?”
questionou-me, sorrindo.

Acenei afirmativamente e retribuí o seu sorriso.

“Sou pois.”


“Sempre é melhor do que o rapaz tarado que vivia aí.”
contou ela fazendo uma cara enjoada, tão engraçada que não me contive e ri.

Ela riu-se também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Someday - décimo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Someday - décimo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Décimo Contraponto (Para iniciantes): Sobre amplificadores de estudo, correia, cabos e efeitos.
» Julgamento Conrad Murray: décimo dia(contém fotos da autopisia)
» Efeitos em Rack.
» Dúvida Fonte Landscape PS12 Pedal Supply
» Como ligar uma mesa de som em outra?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Justin Bieber Portuguese Forum :: Multimédia :: Fanfics-
Ir para: